Projetos cópia.png

Danças Circulares

16734442926_f0b1a25302_k.jpg

imagem: arquivo CEU AUM (Encontro)

"A roda participa da perfeição sugerida pelo círculo, mas com uma certa valência de imperfeição, porque ela se refere ao mundo do vir a ser, da criação contínua, da contigência e vale do perecível. Simboliza os ciclos, os reinícios, as renovações." 

 

 

Danças Circulares são basicamente danças de roda, recolhidas de diferentes partes do mundo em diferentes períodos. Existem danças muito antigas que vão passando de geração para geração e outras coreografadas recentemente. O que caracteriza essas danças é o espírito comunitário que elas promovem. Podem ser danças para celebração ou saudação.

As Danças Circulares se fundem às danças étnicas e podem até ser consideradas sinônimas. Participar de danças de diferentes "etnias" é um modo de conhecer e reviver o sentimento do povo ao qual pertence a dança. É uma forma de afirmar a identidade de um povo, difundindo sua cultura de uma forma pacífica e solidária. "Quando se dança a dança de todos os povos, cria-se uma nova identidade cultural universal, onde se vivencia a idéia da Unidade do mundo, e se trabalha de forma incessante pela Paz." (Rodrigues, G.H.C.B. Mudança in Danças Circulares Sagradas, Triom SP, 1998)

A dança em grupo, com sua seqüência cadenciada e rítmica, proporcionam maior ordem, harmonia e alegria individual e coletiva.

imagem: arquivo CEU AUM (Encontro)

Dançando pela Paz 


Proposta


A UNESCO define cultura de paz como o conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e modos de vida fundados sobre uma série de aspectos, como, por exemplo, o respeito à vida, ao princípio de soberania, aos direitos humanos, à promoção de igualdade entre homens e mulheres e à liberdade de expressão; o compromisso de resolver pacificamente os conflitos; os esforços desenvolvidos para responder às necessidades planetárias; a promoção do desenvolvimento dos e entre os povos. 

A palavra Paz segundo o dicionário significa tranqüilidade da alma. É isso que buscam as pessoas que fazem parte do projeto Dançando Pela Paz, que é desenvolvido com o objetivo de promover a cultura da paz utilizando como instrumento as danças circulares. O Projeto promove encontros semanais,workshops e seminários de danças circulares celebrando os ritmos de etnias do mundo inteiro. Uma das finalidades das danças circulares é promover a integração das diferentes culturas, ao dançar nestes círculos, aprendemos a nos apoiar mutuamente, a olhar para o outro, a expressar o amor mais puro que temos dentro de nós, e que muitas vezes se encontra adormecido; a utilizar a criatividade, a expressão, a confiança, o respeito, a solidariedade, a compaixão, a cooperação no cotidiano. Nesse sentido, as danças são circulares para celebrar o respeito à diversidade e aos costumes dos povos, comungando a Paz. 

 


Objetivos

  • Promover a cultura da paz utilizando como instrumento as danças circulares.

  • Através da integração das diferentes culturas, reafirmar e promover a Paz;

  • Utilizar as danças como um meio de desenvolvimento humano pessoal e de integração grupal;

  • Desenvolver o respeito e a valorização das diferenças, e ao mesmo tempo vivenciar através da dança a relação interdependência do grupo;

  • Fortalecimento do equilíbrio pessoal, o espírito de cooperação e da solidariedade;

  • Despertar nos participantes para responsabilidade de cada um na construção de valores culturais, éticos e morais voltados para o respeito à vida, solidariedade, convivência fraterna, cidadania e senso do coletivo.