Projetos | Rede Multiétnica

REDE MULTIÉTNICA É UM PROJETO DE FORTALECIMENTO DA PRODUÇÃO ARTESANAL, ALIMENTAR E EXTRATIVISTA DE POVOS INDÍGENAS E COMUNIDADES TRADICIONAIS

O Centro de Estudos Universais, em parceria com a Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, está criando um dos maiores projetos de apoio ao desenvolvimento de cadeias produtivas das artes, artesanatos e da produção alimentar e extrativista de povos e comunidades tradicionais, que será desenvolvido inicialmente a partir da Chapada dos Veadeiros (GO). A ideia é formalizar uma rede de comercialização solidária em bases de reciprocidade e respeito à economia produtiva de povos indígenas, quilombolas e outras comunidades e artistas brasileiros. As ações de comercialização e apoio ao escoamento da produção ligada à sociobiodiversidade brasileira já ocorre associada à Aldeia Multiétnica. Já foram comercializados centenas de produtos ao longo de uma década de encontros entre diversos povos indígenas na Chapada dos Veadeiros.

A Aldeia Multiétnica, território dedicado à valorização de povos e comunidades indígenas, está localizada na Chapada dos Veadeiros (GO). Como espaço, abriga casas tradicionais, pátios, roças, mata nativa, rios e cachoeiras. Como projeto/evento se dedica a aproximar não-indígenas da importância das nações indígenas brasileiras, formando, educando e sensibilizando pessoas do Brasil e do mundo para a urgência do aprendizado junto aos povos tradicionais como condição para a formação de sociedades sustentáveis.


A Rede Multiétnica surge do desdobramento da Aldeia Multiétnica e é melhor definida como um projeto de fortalecimento da economia da sociobiodiversidade, pois valoriza e fortalece a cultura associada à produção, protege ecossistemas ao fortalecer povos que manejam seus territórios, garante a justa remuneração e busca demandas regulares para projetos, associações e comunidades produtoras.
A rede é composta por projetos, associações e comunidades vinculadas por relações éticas e transparentes, que recebem apoio e ferramentas para escoar parte de suas produções e superar limitações e obstáculos, como dificuldades logísticas, falta de estruturas de divulgação, falta de organização comunitária, escassez de matéria-prima, enfraquecimento da transmissão de conhecimentos e diversos outros desafios que variam de comunidade para comunidade.


O Centro de Estudos Universais, ao se dedicar na estruturação e funcionamento da Rede Multiétnica juntamente com a Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge, busca consolidar esforços e resultados em torno da economia dos povos tradicionais e busca estabelecer a Rede Multiétnica como referência de projeto econômico sustentável. O trabalho estabelece espaços comerciais que proporcionem exposição positiva para a produção de comunidades e criação de espaço de diálogo e de valorização das artes e artesanatos, possibilitando a inclusão produtiva dos povos indígenas e quilombolas, abrindo mercados sustentáveis geradores de valor para a exposição qualificada da produção indígena e quilombola e, por fim, promovendo a partir de sua atuação e construção de espaços para a garantia de direitos e do fortalecimento organizacional, produtivo e político das comunidades participantes.

Para conhecer mais sobre a Rede Multiétnica e para comprar os produtos, acesse: www.redemultietnica.com

 

Outros projetos