Artigos e Notícias


pexels

Curando as doenças - Ar e Respiração. Respiração como Fator de Cura (parte 2)

13/06/2017

4. Ar e Respiração. Respiração como Fator de Cura (parte 2)

A maioria das pessoas não respira regularmente. O ar é dirigido apenas para a parte superior dos pulmões. Com essa inspiração rasa e fraca, elas não têm força para expeli-lo e, em consequência, parte do ar impuro permanece nos pulmões, deixando um depósito interno. Se você quer regular a circulação sanguínea, inspire profundamente, retenha o ar por um momento, então deixe-o sair lentamente. A respiração adequada rejuvenesce fisicamente, além de promover a recuperação de estados mentais dolorosos. Quem não está acostumado a respirar profundamente deve segurar o ar por 2 ou 3 segundos e prolongar o tempo de retenção, aumentando 1 segundo por dia. Após um mês de prática, a pessoa chegará a segurar o ar por 30 segundos. Se o conseguir, será capaz de lidar com suas indisposições e doenças.

Aplique a respiração profunda também aos exercícios físicos. Cada vez que o corpo fica ereto, inspire um pouco de ar e retenha-o nos pulmões até o momento de se curvar. Quando se inclinar para a terra, expire. Ao acompanhar os exercícios com a respiração, você se concentra e isto os torna significativos. Então, o resultado é melhor.

Seja atento à respiração. Quem respira adequadamente também canta bem. Cantando bem, você entra em contato com a Natureza e rejuvenesce com a vida dela. Cantando, o ser humano desenvolve os órgãos que recebem do ar a energia vital que lhe é necessária. Cantar e falar referem-se ao pensamento.

Se uma pessoa não respira corretamente, o Amor também não se manifesta apropriadamente nela. O hálito e o suor dessa pessoa cheiram mal. Quem respira bem também tem boa circulação sanguínea.

Qualquer que seja sua doença, ajude-se por meio da respiração profunda. Não há enfermidade que não possa ser curada pela respiração. Uma vida longa depende da respiração profunda e adequada. Respirar, por sua vez, está vinculado ao pensamento e sentimento retos. Respire com profundidade, enquanto pensa que a bênção Divina chega ao ser humano através do ar.

Observe tanto a pulsação cardíaca como a respiração. Esse estudo constitui uma ciência interessante. Prestando atenção, você pode perceber que as pessoas respiram de modo diferente de acordo com seu estado e sentimentos.

A respiração normal, correta, pressupõe uma maneira normal de sentir e um pensamento reto. Pela respiração é possível reconhecer se uma pessoa é saudável ou não – e também determinar-lhe o caráter.

Modernamente, as pessoas passam por diversos estados dolorosos. Uma das principais razões é a respiração inadequada. A respiração correta implica completo alinhamento entre os pulmões direito e esquerdo. Você não consegue respirar bem se não pensa de maneira reta. Conforme o pensamento, assim será a respiração.

Na respiração normal, que se faz de maneira fluida e calma, sem ruído, a pessoa sente prazer e boa disposição. Enquanto dorme, alguém saudável respira tão calmamente que não é ouvido. O ronco durante o sono é sinal de que a respiração não é correta.

As pessoas têm medo de inspirar ar frio e resfriar-se. Se a inalação se faz através da boca, há razão para temer. Mas a Natureza previu inclusive isso. Criou o nariz para servir de filtro, para filtrar e aquecer o ar. A membrana mucosa e o fluido nasal regulam o ar e tornam-no tolerável para os pulmões. Ao sair com tempo frio, lembre-se de não inspirar rapidamente muito ar de uma só vez. Inspire pouco a pouco, até se adaptar à temperatura externa. Respire suavemente, absorvendo pouca quantidade de ar e aumentando-a gradualmente. A respiração adequada tem um ritmo, que deve ser observado.

Como lidar com a insatisfação? Pela respiração profunda. Respire em profundidade e retenha o ar nos pulmões por 1 minuto ou 2, no máximo 3. Isso pode ser alcançado progressivamente, por meio de exercícios. Comece retendo o ar por 5 segundos no início, até chegar a 3 minutos. Então você estará capaz de transformar a insatisfação em contentamento.

Assim, a respiração deve ser rítmica. Se você se permite odiar ou mentir, ela se altera. Uma centena de pensamentos e sentimentos desse tipo é suficiente para produzir um acidente vascular cerebral.

Por que o medo desaparece com a respiração profunda? Porque ela permite uma extensão dos vasos capilares que, no caso do medo, se contraem.

Quando uma pessoa adoece, sua respiração se acelera. Nota-se isso especialmente nos asmáticos. Quando eles começam a sentir dificuldade, aumentam conscientemente a velocidade da respiração, achando que isso os auxiliará. Não só não ajuda, mas a situação ainda piora. Isso mostra que, para ser regular, a respiração deve corresponder ao ritmo da Natureza. Esse é o ritmo saudável.

A respiração deve ser consciente, porque ela se conecta com o pensamento. Os animais respiram inconscientemente. Então, se um homem não sabe por que respira, ele passa por um animal.

A respiração adequada depende da quantidade de ar inalado e do tempo em que ele é retido nos pulmões. Quanto maior o tempo, mais forte a pessoa. Disso depende, inclusive, o sucesso de suas iniciativas.

O ar é o portador de pensamentos Divinos, que passam primeiro pelo sistema respiratório, onde são processados e transformados; daí são transmitidos ao cérebro, através do sangue.

A vida longa depende da respiração profunda e correta. Ao acordar, antes de realizar qualquer trabalho, inspire profundamente um par de vezes. A respiração promove a formação do caráter. Se apropriada, torna o rosto bonito. Quando uma pessoa começa a respirar corretamente, as rugas da face desaparecem.

A concentração do pensamento depende da respiração. Quanto mais profunda esta, mais fácil é concentrar-se. Por outro lado, a concentração é determinada também pela quantidade de ideias que preocupam o indivíduo. Se ele mantém demasiadas ideias na mente, sua atenção se distrai.

(extraído do livro: The Master BEINSA DOUNO. Health and Sickness. Sofia: Vsemirno Bialo Bratstvo Publishers, 2002)

Tradução: Maria Eugênia da Rocha Nogueira 
e-mail: MARIAEUGENIARN@YAHOO.COM.BR
WhatsApp: (11) 9.9140.0649