Artigos e Notícias


Arya Kratos pexel.com

Curando as doenças - Ar e Respiração. Respiração como Fator de Cura (parte 4)

23/04/2018

A seguir, vários exercícios de respiração: 1) Pernas retas. Levante lentamente os braços enquanto inspira, contando até seis. Segure o ar, contando até três. Abaixe os braços devagar. Expire em seis tempos. Faça o exercício seis vezes. 

2) Coloque as mãos, com os punhos fechados, sobre os ombros. Abra lentamente os braços dos dois lados, inspire profundamente, segure o ar e então, devagar, abaixe os braços e expire. Se cansar-se, pare um pouquinho e repita o exercício várias outras vezes. Assim você absorve maior quantidade de prana do ar e ativa o movimento do sangue, os capilares se expandem e a circulação é intensificada.  

Ao respirar, não pense em nada além do ar que está inalando. 

3) Levante as mãos acima da cabeça, tocando os dedos acima do topo da cabeça e então abaixe os braços.

4) Os braços vão para a frente e para cima e fazem um movimento circular, enquanto você inspira profundamente. Enquanto expira devagar, traga lentamente os braços para os lados do corpo, para baixo. Faça três vezes. 

5) Mova lentamente os dois braços para cima, inspirando devagar, então leve-os para cima da cabeça e retenha o ar. Agora traga-os pausadamente para baixo e expire vagarosamente. 

6) Sem pressa, erga os braços acima da cabeça e inspire profundamente. Acompanhe o movimento com o olhar, que também se dirige para o alto. Segure o ar durante um momento. Lentamente abaixe os braços enquanto expira e olhe para baixo.  

7) Agora vou dar-lhes exercícios respiratórios de natureza diferente. Enquanto os faz, há certos pensamentos e fórmulas que você deve enunciar em sua mente. Por exemplo, diga mentalmente, ao respirar, as seguintes palavras: “Sou muito grata a Vós, Senhor, por todas as bênçãos que me destes”. Pode rezar mentalmente o Pai-Nosso enquanto inspira, retém e expira. Faça esses exercícios de manhã, ao meio-dia e à noitinha, dez vezes. 

8) Inspire pela narina esquerda, mantendo a direita fechada, enquanto diz a fórmula: “Só o Amor de Deus é Amor”. Após segurar o ar por um momento, abra a narina direita (deixando a esquerda fechada) e expire lentamente, com a mesma fórmula. Realize o exercício três vezes por dia – de manhã, ao meio-dia e à tardinha, quando estiver com boa disposição e tiver tempo. De cada vez, faça três a dez respirações completas.

9) Enquanto inspira, diga mentalmente: “Senhor, obrigada pelas bênçãos que colocastes no ar e que recebo junto com ele”. Ao expirar, pense: “Obrigada, Senhor, porque deixastes vossa bênção dentro de mim”.

10) Inale pela narina esquerda contando até sete, retenha o ar contando até dez e expire pela narina direita em nove tempos. Este exercício deve ser feito de manhã, ao meio-dia e à noite, seis vezes em cada horário. De manhã, inspire pela narina esquerda; à noite, pela direita.

11) Você pode fazer exercícios de respiração relacionando-os com o caminhar – vários passos com uma inspiração, os próximos passos com uma expiração. 

Quando uma pessoa se encontra em um estado eletrificado e está com raiva, explodindo, deve respirar profundamente e segurar o ar – cerca de cem vezes; isso a acalmará. 

Antes de apertar a mão de alguém, respire profundamente. Antes de falar, a mesma coisa. 

Quando estiver nervoso ou irado, faça o seguinte exercício: com o polegar da mão direita cerre a narina direita e inale pela esquerda, contando mentalmente até sete. Sem inspirar mais, conte até dez. Agora feche a narina esquerda e expire lentamente pela direita, em nove tempos. Este exercício é útil para regular a agitação nervosa, para relaxar a mente e fortalecer a memória. 

De manhã e antes do meio-dia, você deve absorver o ar pela narina esquerda e expulsá-lo pela direita. À noite, inverta: inspire pela narina direita e expire pela esquerda. Faça este exercício 21 vezes por dia – de manhã, ao meio-dia e à tarde, sete vezes em cada horário.

Agora um exercício para quem sofre de asma, de tosse, para melhorar a voz, para os cantores, etc.  Você pode curar-se em um mês inspirando através de um canudo, segurando o ar e expirando do mesmo modo. 

(extraído do livro: The Master BEINSA DOUNO. Health and Sickness. Sofia: Vsemirno Bialo Bratstvo Publishers, 2002)


ALGO MAIS SOBRE RESPIRAÇÃO – do livro Breathing, de Boyan Boev, dedicado discípulo de Pétar Dânov

A respiração é um processo universal. No sentido amplo da palavra, de acordo com a antiga ciência espiritual, quando a Suprema Inteligência do Ilimitado expira, dá nascimento a um novo mundo. Quando inspira, é o fim do ciclo evolucionário desse mundo particular. No mesmo sentido extenso do termo, a terra é um organismo vivo: ela respira. Quando inala, as energias etéreas do ar penetram profundamente em seu útero. E quando exala, parte dessa energia preenche o espaço circundante.

Hoje a ciência da respiração tornou-se muito popular. Como resultado do novo conhecimento da anatomia e fisiologia humanas, esse estudo desenvolveu-se muito. Mas a ciência oficial lida apenas com seu lado mecânico. Para tratar a respiração como um fator primário na melhora física e na elevação espiritual do ser humano, precisamos compreender também seu lado espiritual interno, porque a Natureza, como organismo vivo, é composta de realidades físicas e espirituais. 

Na Europa e nos Estados Unidos, são muito conhecidos os métodos hindus de respiração. Gostaríamos de chamar a atenção para o fato de que, em algumas eras, quando as nações viviam a tendência involutiva (descendente) de desenvolvimento, elas usavam métodos que não são próprios para nossa época, de tendência evolutiva (ascendente). Por isso, as antigas práticas hindus de respiração não são adequadas para o organismo europeu e americano. Abaixo, alguns esclarecimentos do Mestre a respeito desta questão:

Quando falo de respiração profunda, não tenho a intenção de recomendar os exercícios respiratórios dos antigos hindus. Eles têm suas próprias práticas especiais, que não são aplicáveis a nossos organismos europeus. Se os europeus usarem o antigo método hindu de respiração, encontrarão alguma dificuldade. Meu conselho é que apenas tentem respirar profundamente, com ritmo e tranquilidade. 

Tradução: Maria Eugênia da Rocha Nogueira 
e-mail: MARIAEUGENIARN@YAHOO.COM.BR
WhatsApp: (11) 9.9140.0649